terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Réquiem para o boteco do Portuga



A liliam fechou o portuga... é isso mesmo, não é mensagem cifrada não. A rua da liliam é realmente da liliam. (assim no minúsculo mesmo).
Depois de quase uma década usando os mais diferentes artifícios legais a liliam conseguiu fechar o bar do portuga...
O principal motivo da nossa derrota foi evidentemente o apoio dado pelas potências nazi fascistas a sua representante em nossa paróquia
Ontem, segunda feira 21 de dezembro de 2009, caiu a última trincheira...ontem não abriu o último resquício de boteco de bairro na Sta Cecília.
Eles estão vencendo
Um lugar daqueles em que as baratas pediam licença pra entrar e se algum rato se metesse a besta o portuga metia a vassourada... onde se podia comer um excelente lanche de calabreza, sardinha frita, couve - flor a milanesa, vários porrolhos de qualidade...beber umas júsculas, e filosofar com bebums das mais diferentes matizes... domingo tinha churrasco grátis e o cheiro de gordura era igualzinho ao do boteco do meu vô... que todos los borrachos llorem por el...
É claro que nós não vamos fazer nada... outro dia os seguranças mataram na bicuda um nóia ladrão de toca fita aqui do lado do comprebem... fazer o quê? chamar a polícia? Nao... deixa pra lá... é melhor não fazer nada...

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Tanuki - o animalzinho de tetas


Sempre se superando, o raposinha vermelha encontrou uma raríssima foto de um animalzinho de tetas em estado natural...
Reparem na sua cara de tetinha...
Numa mão leva uma garrafa de biricu-tico.
Na outra uma paranga
Tem enormes bolas, uma piroca que parece um olho e é claro: TETINHAS...
Olhem bem... e vejam se não tem pelo menos um elemento próprio de todo mundo que mendrolha... se não encontrarem tentem olhando no espelho.
Parabéns litle red fox.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Pequeno compêndio de citações verdadeiras

"Esqueci o que não sabia"
Sócrates, se fosse francês.

"A anta é um antílope"
Dr. Sebastião Vargas, que nunca assistiu programas de animais.

"O jd Pantanal, ou sei lá como tão chamando, tá embaixo d´´agua... Não dava pra tirar essas pessoas daí?"
José Luís Datena, que não entra no site do itaú social.

" Vou tirar o povo da merda!"
Lula, que já falava isso há trinta anos.

"Tudo que fiz foi lindo, mas foi só pra te comer"
Saint - Exu-peri, cara que escreveu o piqueno príncipi, pras piriguets.

" A mira deles sempre foi ruim".
Delfim neto, na tese de algum mestrinho ligeiramente vemelhinho, ou na seção comentários dessa porra.

Tenho que trampá...

domingo, 15 de novembro de 2009

domingo, 25 de outubro de 2009

Da série "se fosse em outro brogue tinha imagem"

Amor é gordo.
Nunca existe amor magro.
Meu amor é uma gorda.
Mas gorda mesmo, sete arrobas...
Mais gorda que o jão.
É que o amor come tudo, até caldinho com barata no saralho.
E quase não caga.
Caga uma vez cada três dias, e aí a bosta sai tudo de uma vez só e em enorme quantidade.
E não vou botar nenhum desenhinho do botero.

domingo, 4 de outubro de 2009

O livro das verdades

Cabeça me diz que que a verdade é burra.
Não é.
A verdade é só meio ignorante.
Aliás, meio ignorante só esse em que a gente vive.
Só de pensar em ignorantar, já ignorantou inteirinho.
(quem foi o pé no saco que inventou esses risquinhos vermelhos que aparecem em baixo das palavras ?).
Mas cabeça não houve essas vozes por mal, e sim porque não tem da onde copiar. Então, cabe escrever um livro, e não um filme igual fazem por ai.
Tá na hora de realizar uma grande obra filosófica:
Por isso, tá aberto o concurso de vagas para profetas!
Vá mandando suas verdades, mas lembre-se: TEM QUE SER VERDADE, mais ou menos não serve.
Não precisa explicar o que é isso, porque todo mundo sabe muito bem, tem uns que tem toque de não saber, mas sabem, eles tão só metendo o louco.
Igual Jesus falando no deserto.
Cá pra nós, cada fé tem o sacerdote que merece. E nove em cada dez fariseus preferem os ídolos errados.
Vai lá, participa!
Ou não.

domingo, 20 de setembro de 2009

A morte da lubambeta:

Enquanto isso no isso no balcão, ouve-se um lamento:
- Foi peneomonia?
-Não, não... foi surra de pica mollll...mesmo.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Brogue é um email que você manda sei lá pra quem...?

Um quarta dessas depois do jogo, uma galinha d'angola, veio cuns papo de brogue é merda, de que brogue já era, de que brogue ramelô, de que o quente agora é tuiter, de que num sei que lá num sei que lá, num sei que lá, porra..
Ora.... nun sei que lá o caraio!
Esse pessoal do interior é meio jacu ( pra não dizer que não falei em cus).
Brogue por brogue não existe o melhor... o que existe é um melhor brogueador...
Mas resolvi deixar queto... até sara meus carcanhar.

Té mais.

Ah...já podem por mendrolhadas anônimas. Foi-se o tempo que eu me preocupava com nomes de mendrolhos.

domingo, 30 de agosto de 2009

Mas tudo é possíver...

...Os jão ir e vortar das Bolívia é possíver.
Eu ter um brogue é possíver.
Só não é possíver enfiar um cu no outro...
saudade.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

oi, tudo bem?

-Tudo bem...
-Fora o ódio que me consome todas as 24 horas do dia!
-Fora a decepção de ontem, a decepção de hoje e a desesperança crônica no amanhã!
-Tenho vontade de chorar, raiva de não poder!
-Quero gritar até ficar rouco!
-Quero gritar até ficar louco!
-Isso sem contar a ânsia de vômito, reação a tal pergunta idiota!

Mas fora isso, tudo bem...

Ei seus bat palhaços: quem de vocês ainda se lembra deste verdadeiro hino das gonorâncias?
Garotos podres... os mais punques de Mauá, logo, do mundo.
Um feio dia, a gente começa a estudar história e descobre que é só mais um punque enchendo o saco da humanidade.
Mas e aí?...
foda-se.

domingo, 23 de agosto de 2009

Num gostô?! Foda-se!

Resolvi fazer uma porra dessas também.
Tava falando merda com um animal de teta e pensei: "qué saber, vou fazer um brogue"
Meus objetivos são:
- praticar o impropério.
- divulgar calúnias e boatos infames.
- criar alegorias feias e outras delinquências.
-outras merdas
- enfim ignorarantar.
Ainda não sei vários truques informáticos, mas não precisa mesmo.
Até daqui a pouco.